sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Boletim de férias...

"Aos companheiros de estrada, um feliz 2007!". Li ontem esta frase em um para choques de caminhão e gostei muito, a todos que me acompanham quero ver feliz porque sou feliz!
Férias até o dia 22 ou até mais um pouquinho... na realidade as férias são do meu marido e para quem conhece "do assunto", é trabalho dobrado em casa, ainda mais sem faxineira há três meses, não tem sido fácil! Fora os pepinos dos familiares.....
Enfim, mais um começo de ano, onde todo mundo faz promessas e quase não as cumpre, dias intermináveis de chuva atrapalhando o passeio de quem pode passear (no fundo, acredito que a chuva não atrapalhe quem viaja, não no meu caso, pois quando fui a Gramado e Orlando nos USA, dos 15 dias 12 passei com chuva intensa!), um monte de coisas para colocar em ordem.... mas somente vou fazer uma promessa para 2007: usar tudo que eu tiver em casa e não comprar sequer 1 metro de tecido para costurar. Preciso tomar vergonha na cara e utilizar tudo que tenho guardado aqui em casa. Munição não faltará com as aulas da Quilt University e os livros da Amazon, fora as revistas Australianas... enfim, 2007 para mim será um ano bem mais tranquilo pois desisti de um monte de coisas que ao meu ver nunca mudarão e não sou eu quem vai carregar o mundo nas costas...principlamente com relação a relacionamentos e grupos na internet!
Em tempo, a linda criaturinha acima é a minha mais nova filha (ou filho, não sabemos pois é necessário um teste de DNA que reluto em fazer porque deve-se arrancar muitas penas da bichinha e acho uma crueldade!). Jackie (este é seu nome) era pra chegar em Março, depois de todas as contas IPVA dos carros e IPTU pagos, mas quando a vi na Cobasi (uma grande loja para animais daqui de SP), sózinha em uma gaiola, olhando com estes olhinhos e toda carequinha (do estresse e também um pouco da genética lutina), fiz das tripas coração para trazê-la para casa, meu marido quase infartou! Rss... ela já está conosco há 16 dias e no princípio nem se mexia na gaiola, hoje come na mão, está alegre e saltitante, adora um espelhinho que o meu gerbil gentilmente cedeu à ela, enfim, uma calopsita lutino muito feliz... ainda bem que só estava a Jackie para vender naquele dia, pois se tivesse mais alguém também viria "no pacote"! Agora tenho mais um trabalho a ser feito antes do inverno: fazer uma capa para o viveiro da Jackie.... e os UFOs vão acumulando-se! Rsss...
Mais uma feira de Patch chegando a Sampa, porém, sem opção de visita no sábado.... estou chegando a conclusão que o mercado brasileiro pensa que patch só faz quem é desocupado e rico.... eita Brasil.... pobre de ti!
Bom, ainda estou de férias, com muita coisa para se fazer... retorno em breve visitando todas (os) vocês!