segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Jingle bells

2008 já se foi praticamente e estamos com o Natal batendo em nossas portas. Neste fim de semana pude constatar isto. No shopping a compra desenfreada das pessoas se acotovelando nos corredores, sem mesa pra sentar para um simples café. Daqui para fente a tendência é a piora da situação...
Pra quem gosta de vuco vuco natalino é ótimo. Até certo tempo atrás achava legal, mas, Natal tornou-se para mim, sinônimo de consumo (muito consumo), pais que não explicam direito o que é ganhar um presente naquela data e crianças que crescem somente pensando em ganhar e consumir.
Eu lembro que meus Natais eram tão legais quando era criança. Pra você ter uma idéia só ganhávamos presente no Natal, presente brinquedo, não tinha presente brinquedo durante o ano, ás vezes uma lembrança no aniversário mas o brinquedo vinha mesmo no Natal. E o Natal demorava pra chegar que só vendo. Não tinha shopping, loja Hi Happy e afins, só loja de departamento. Quando o presente que pedíamos não cabia no bolso $$$ minha vó gentilmente falava "este daqui não cabe no trenó do papai Noel" sem choro e nem vela. nem por isto fui uma criança frustrada como vejo a maioria no shopping quando o pai diz que não pode comprar tal coisa. É triste ver as crianças tão pequenas já com este espírito de consumo desenfreado e pais que fazem de tudo para isto.... sem limites.
Natal, Dezembro e Ano Novo... outro dia estávamos comentando o que fazíamos de "anormal" nestas datas, ou seja, não seguimos a tradição natalina. Eu não troco presentes, não faço pratos natalinos tipo chester, pernil e cia e ultimamente nem passo o Ano Novo fora de casa, já perdi a paciência em estradas cheias, gente mal educada pensando que o mundo vai acabar dia primeiro de janeiro e a falta de respeito humana.
Tô ficando velha!!!!!! Podem pensar, mas eu prefiro lembrar do Natal de antigamente, não tínhamos nada e era muito bom.....principalmente a coca-cola (bebíamos só no natal) e o pudim de leite..... coisa de criança...
Ainda não sei se este será meu último post do ano, se for, desejo a todos uma época de festas muito felizes e que façam valer a pena a palavra NATAL....