quarta-feira, 6 de julho de 2011

Megartesanal 2011

Megartesanal 2011 by Andrea - Mil Pontinhos
Megartesanal 2011, a photo by Andrea - Mil Pontinhos on Flickr.

Entra ano e sai ano a Megartesanal parece estar cada vez mais... vazia . Eu que acompanho a feira dese a primeira edição a cada ano vejo que grandes expositores que realmente fazem a diferença na feira estão saindo fora dando espaço para máquinas industrializadas que nós, artesãs, não podemos comprar, principalmente máquinas de corte a laser. E o pior, não fazem o serviço, somente vendem a máquina para indústrias ou para quem pode pagar a bagatela de 60 a 80 mil reais.

Várias lojas do Sul e de outros Estados do Brasil não compareceram, dando lugar a importadoras que tinham seus stands somente para lojistas onde nós , artesãs, somente podíamos acompanhar colocando o nariz do lado de fora no vidro. Se você respodesse a perguntinha mágica: "você é lojista?"  Tinha aí o acesso ao tão desejado stand para ver as novidades. Aonde comprar? A maioria das novidades NÃO estava a venda na Megartesanal e nem nas lojas indicadas pelos próprios industriais. Eu conferi isto. Outra decepção.

Parabéns as exposições de Cristina Botalllo, Ciça Mora e entre outros que não tiveram destaque na mídia . Parabéns a Rita Paiva , professor Sasssá, Peter Paiva que sempre estão ao lado dos artesãos e participam realmente das feiras não sendo mero coadjuvantes, infelizmente, a maioria o é. Business é business mas contato e agradecimento ao público que os mantém também é fundamental.


A exposição da casa com decoração dos artesãos estava muito boa, uma novidade que gostei muito e pode se repetir todos os anos.

Para quem visita a feira pela primeira vez é deslumbre, mas para quem a acompanha desde a primeira edição há mais ou menos uns 3 anos a Mega deu uma estacionada. Bom é isto... nada de muito novo e infelizmente, muita gente querendo vender só pra lojista pra muita gente que estava lá que era artesão.