quinta-feira, 13 de junho de 2013

Fairy Ring



Anel de fada em solo de floresta, Floresta de Dean, Gloucestershire. 
Fotografia: Stephen Dorey/Alamy




Não sei se lembro de mencionar aqui no Mil Pontinhos sobre a origem da minha família que é escocesa e que migrou para a Ilha da Madeira antes de vir ao Brasil. Aqui como lá, existem lendas e tradições que a partir de agora vou começar a contar no blog, alguma curiosas e outras deliciosas (como as receitas culinárias!) e digo que nosso paladar sim tem muito a ver com o que somos e de onde viemos principalmente.

A primeira lenda que escolhi foi o Anel de fada (Fairy Ring), estes anéis existem pela Europa toda mas lá na Escócia são conhecidos por Fairy Ring. Também é conhecido por círculo de fada, Círculo Elfico, ou Anel Elfico. É quando naturalmente cresce um anel ou arco de cogumelos. Os anéis crescem em média até 10 metros de diâmetro de distância e tomam este formato devido aos fungos que crescem  e procuram comida no subsolo. São encontrados comumente nas áreas de floresta mas também podem aparecer em gramados ou  pastos abertos.

No folclore escocês, muitos acreditam que estes anéis são formados quando as fadas dançam e geralmente consideram os anéis lugares muito perigosos e que devem ser evitados. Em muitos contos pessoas que cruzaram os círculos que é considerado terrritório proibido foram punidas. Supertições contam que os anéis de fadas são sagrados e advertem contra sua violação para que o intruso (por exemplo, um agricultor com um arado) pertube as fadas e seja amaldiçoado por elas. Até mesmo colher orvalho da grama ou flores de um anel de fadas pode trazer má sorte. Destruir um anel é ter azar! A superstição conta que ele crescerá de volta.

O círculo não é sempre perfeito, na verdade, muitas vezes é pouco mais que um arco. Como regra, os anéis de fada são mais visíveis em agosto e setembro do que em outubro. Algumas histórias de lendas contam que ao humanos que se aproximam demais destes círculos as fadas os levam para seu reino e só deixam retornar para a Terra anos mais tarde sem o passar dos anos.

As fadas são as donas do anel. É a porta de entrada para o mundo delas, não o nosso! Mas se você entrar em um anel de fada e se encontrar em "outro mundo", existe uma importante regra a seguir: não importa o quanto esteja com sede ou fome, você não deve beber ou comer nada, nenhuma gota ou migalha no mundo das fadas, ou então você não poderá retornar ao mundo dos humanos. ;-)

Voltando a realizade, meu aviso é que você respeite este lindo fenômeno da natureza e os deixe em paz. Certifique-se sempre se os cogumelos apresentam algum perigo as crianças e aos animais de estimação. Se um dia ver um destes não esqueça de fotografar! Por enquanto não surgiu a notícia de que alguém foi amaldiçoado por guardar uma imagem dos anéis de fada!